terça-feira, 22 de novembro de 2016

Laboratório de Monitoração Ambiental da Eletronuclear recebe certificação do Inea

(21/11/16) O Laboratório de Monitoração Ambiental (LMA) da Eletronuclear acaba de receber o Certificado de Credenciamento de Laboratório (CCL) do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) pelo seu trabalho de análise da qualidade da água do mar. Este credenciamento diz respeito às verificações de pH, turbidez, cloro residual, sólidos totais dissolvidos e carbono orgânico total. Essas análises são feitas para garantir que as usinas nucleares de Angra não estejam provocando impacto no meio ambiente.
O certificado atesta a capacitação técnica do LMA e o habilita a continuar realizando análises laboratoriais no âmbito do Programa de Monitoração e Controle da Qualidade das Aguas (PMCQA). O fato de esse trabalho poder ser feito internamente representa mais agilidade e redução de custos.
O CCL tem validade de dois anos. Após esse período, é necessário renovar a certificação, processo que inclui avaliações e vistorias dos técnicos do Inea, órgão de licenciamento e fiscalização ambiental do estado do Rio de Janeiro.
De acordo com João Pedro Garcia Araujo, gerente interino de Gestão Ambiental (GGA.G), o credenciamento contribui para um processo contínuo de autoavaliação da equipe. “Além de atender à legislação ambiental estadual, o certificado demonstra nosso esforço em aprimorar os controles da qualidade dos processos do LMA”, reforça.
Monitoração contínua
Desde antes do início da entrada em operação de Angra 1, a Eletronuclear desenvolve um programa rigoroso de monitoração através do LMA. Esse trabalho inclui, além da medição dos níveis de radiação, a análise da qualidade das águas, fauna e flora. Todas as amostras são coletadas e analisadas regularmente. Isto permite que os técnicos da empresa possam comparar os resultados das amostras com dados obtidos nos mais de trinta anos de monitoração.
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Eletrobras Eletronuclear

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ray Bradbury

"Se não tivermos bibliotecas, não temos nenhum passado e não teremos um futuro"