quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Manejo nutricional reduz abortamento de flores e aumenta produtividade de tomates em 30%.

Produzir frutas, legumes e verduras de alta qualidade é um grande desafio enfrentado por produtores rurais de todos os estados brasileiros. Nutricionalmente muito exigentes e sensíveis, a produção de hortifrútis requer atenção e cuidados redobrados na hora da nutrição. A busca pelo equilíbrio faz parte do caminho que os agricultores perseguem quando o objetivo é produzir em melhor qualidade e em quantidades maiores.

Na propriedade do agricultor e empresário Jorge Masato Kano, proprietário da empresa Tomates Kano, especializada em produção e comercialização das frutas da linha Grap, uma nova estratégia nutricional com fertilizantes fluidos especiais foi fundamental para o sucesso da lavoura, que conta com cerca de 90 mil plantas. “Optei por produtos de alta tecnologia para conseguir resultados superiores. Percebi que o vigor da planta foi muito bom, devido ao ótimo desenvolvimento das raízes. Também vi que a florada ficou muito mais bonita e não tivemos mais abortos de flores, o que aumentou bastante a quantidade de frutos em cerca de 30%”, diz.

O engenheiro agrônomo e consultor técnico, Ney Assis, que orientou e acompanhou o manejo nutricional realizado na propriedade de Jorge, explica que o primeiro passo foi estimular o enraizamento das plantas por meio do fertilizante Maxifós, composto por substâncias húmicas e fúlvicas, associadas a extratos de algas e aminoácidos.

“A ação do Maxifós foi fundamental para o desenvolvimento do sistema radicular das plantas, sem falar que houve uma melhora muito significativa da disponibilidade dos nutrientes que estavam retidos em grandes quantidades nos substratos”, explica o agrônomo. Ney revela ainda que o manejo nutricional foi fundamental para aumentar a durabilidade no pós-colheita, o que agradou os compradores dos produtos.

“Após as análises de folha, percebemos que para alcançar o resultado esperado, seria necessária a aplicação de um conjunto de nutrientes essenciais, como o boro, cálcio, magnésio e zinco, todos envoltos em uma composição de alta tecnologia que permite a rápida absorção e metabolização pelas plantas”, descreve. O agrônomo destaca ainda que o cobre participou do manejo com a importante função de induzir a resistência das plantas e colaborou para uma maior durabilidade das frutas.
 
Data de Publicação: 04/10/2016   Fonte: http://www.agrolink.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ray Bradbury

"Se não tivermos bibliotecas, não temos nenhum passado e não teremos um futuro"