terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Universidades e Desenvolvimento: um estudo sobre a UERGS

VECCHIO, Rafael Augusto. UNIVERSIDADES E DESENVOLVIMENTO:  um estudo sobre a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. TESE - Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFRGS, 2010.



Sumário

1 Introdução e definição do problema de pesquisa

2 Metodologia

3 Referencial Teórico

3.1 Formação de sujeitos, mediação global-local, inserção na sociedade: a contribuição das universidades para o desenvolvimento.
  3.1.1 A formação de sujeitos
  3.1.2 A mediação entre as expectativas globais e as demandas locais
  3.1.3 A inserção social
3.2 O conceito de desenvolvimento em disputa: a linha liberal e a corrente histórico-estruturalista
  3.2.1 Livre mercado e crescimento econômico: a linha liberal de desenvolvimento
  3.2.2 Implicações da hegemonia da corrente liberal para as idéias contemporâneas sobre desenvolvimento
  3.2.3 A corrente histórico-estruturalista de desenvolvimento: a comissão econômica para a América Latina e Caribe
  3.2.4 Análise histórica, cultura e potencialidades locais: o projeto de desenvolvimento de Celso Furtado
  3.2.5 O terceiro eixo da proposta histórico-estruturalista: o desenvolvimento regional
3.3 As políticas públicas e o desenvolvimento: a ação do estado como prática estratégica
3.4 Universidades, desenvolvimento e ação estratégica do estado: uma discussão enfocando o contexto atual do ensino superior na América Latina e no Brasil
  3.4.1 Universidades estaduais: o desenvolvimento regional como estratégia

4 Apresentação dos dados: antecedentes, mapeamento atual e perspectivas futuras da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

 4.1 Antecedentes históricos
 4.2 UERGS no contexto atual: dificuldades e mobilização
  4.2.1 A estrutura da Universidade
  4.2.2 Ensino, pesquisa e extensão: uma síntese das atividades desenvolvidas na Universidade Estadual
 4.3 Experiências emblemáticas da UERGS
  4.3.1 Considerações acerca da trajetória dos deficientes físicos na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
  4.3.2 O projeto de capacitação de jovens rurais para a promoção da soberania alimentar e desenvolvimento social na região do Vale do Rio Pardo
  4.3.3 O projeto Cuidar de gente e do meio ambiente: a produção de vassouras na comunidade de Barro Preto como alternativa
  4.3.4 A proposta de inovação nos cursos de graduação: o curso de engenharia de bioprocessos e biotecnologia
  4.3.5 A formação de professores e a educação popular
 4.4 Projetando o futuro da universidade: o plano de desenvolvimento institucional
  4.4.1 Objetivos, metas e ações
  4.4.2 Programas de apoio pedagógico e financeiro aos discentes

5 Análises e reflexões

 5.1 Categoria A: Formação de sujeitos
  5.1.1 Subcategoria A1: consciência crítica
  5.1.2 Subcategoria A2: articulação técnica-política
  5.1.3 Subcategoria A3: protagonismo
  5.1.4 Subcategoria A4: construção coletiva de conhecimento
  5.1.5 Síntese das análises da categoria formação de sujeitos
 5.2 Categoria B: Mediação Global-Local
  5.2.1 Subcategoria B1: paradoxo global-local
  5.2.2 Subcategoria B2: lugares-globais e lugares locais
  5.2.3 Subcategoria B3: internacionalização
  5.2.4 Síntese das análises da categoria mediação global-local
 5.3 Categoria C: Inserção Social
  5.3.1 Subcategoria C1: vínculo com a sociedade
  5.3.2 Subcategoria C2: valorização dos saberes não-acadêmicos
  5.3.3 Subcategoria C3: interações em nível institucional
  5.3.4 Síntese das análises da categoria inserção social
 5.4 Encaminhamento das análises e reflexões: uma discussão final situando as possíveis contribuições da Universidade Estadual para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul

6 Considerações Finais

Referências











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ray Bradbury

"Se não tivermos bibliotecas, não temos nenhum passado e não teremos um futuro"